Arquivo da categoria: Esporte

Palmeiras vence ‘dérbi’ nos tribunais e cobra R$ 34 milhões do Corinthians

Robinho Santos Rogério Corinthians 2002 (Foto: Ag. Estado)

O Palmeiras pode faturar pelo menos R$ 40 milhões nos próximos meses com ações que ganhou na Justiça comum. Desse montante, R$ 34 milhões são de um processo movido contra o arquirrival Corinthians, por conta da transferência do lateral-direito Rogério para o clube do Parque São Jorge. Em 2000, o jogador deixou o Verdão e se transferiu graças a uma vitoria na Justiça do Trabalho, que concedeu liminar para que ele pudesse deixar o clube sem que ninguém precisasse pagar o seu passe, avaliado na época em R$ 8 milhões.

Desde então, um processo se arrasta na Justiça comum, com o clube alviverde alegando que tinha direito a receber pela transferência. Na semana passada, o Palmeiras obteve a vitória em primeira instância, mas o Corinthians ainda pode recorrer da decisão. Do lado do Palestra Itália, porém, a sensação é de que a batalha já está superada.

– O Corinthians tem o direito de recorrer, mas nós conseguimos vitória até em Brasília. Acho muito difícil que essa situação seja revertida. Agora é ver como será efetuado o pagamento – afirmou Antônio Carlos Corcione, conselheiro do Palmeiras e sócio de Pedro Renzo, advogado que cuida da ação.

O Timão contesta a vitória palmeirense e crê que a situação ainda pode virar contra o rival. O clube promete contestar o valor de R$ 34 milhões e briga para mudar o cenário. Quem garante é Fernando Abrão, advogado do clube.

– A ação não terminou. Estamos aguardando o julgamento do recurso em Brasília. Esse procedimento que o Palmeiras está fazendo é provisório. Esse valor é um cálculo do Palmeiras e também está sendo contestado pelo Corinthians. Ele depende de algumas variáveis, que sequer foram apreciadas – assegurou Abrão.

O Palmeiras acredita que o procedimento já é definitivo, e apenas aguarda contato para definir a forma de pagamento. Uma reunião do COF (Conselho de Orientação e Fiscalização) nesta quinta-feira deve definir os próximos passos. O Verdão não deve aceitar uma redução no valor a receber, mas admite o parcelamento da dívida.

Os outros R$ 6,5 milhões que o Palmeiras pode receber são de uma ação ganha nesta terça-feira contra o Ituano, por conta da transferência do atacante Basílio. A situação foi parecida com a do Corinthians – o clube do interior contratou o atacante, mas se valeu de uma ação na Justiça do Trabalho para não pagar o valor do passe. O Ituano pode recorrer, mas o Verdão considera “muito difícil”uma reviravolta no caso.

Fonte : GloboEsporte.com

Antena Brasil – O blog que tem conteúdo

Anúncios

Palmeiras busca reabilitação contra o Figueira, papão de pontos em casa

.Jorginho Figueirense Felipão Palmeiras (Foto: Montagem sobre foto da Ag. Estado)

A julgar pela posição na tabela, o Figueirense não tem uma campanha muito empolgante no Campeonato Brasileiro – é o nono colocado, com 16 pontos. Mas, se analisada a quantidade de pontos conquistados no Orlando Scarpelli, local da partida contra o Palmeiras, às 21h50m (de Brasília) desta quarta-feira, o time do técnico Jorginho se mostra um papão de pontos – foram 14 conquistados em 18 possíveis. E a característica caseira dos catarinense será um desafio para o Alviverde, que ainda não venceu fora dos seus domínios no torneio.

Das cinco partidas como visitante, o Palmeiras perdeu duas e empatou três. O último revés foi na rodada passada, quando caiu diante do Fluminense, em Volta Redonda, por 1 a 0. O resultado fez com que o time de Luiz Felipe Scolari, quinto colocado, perdesse a oportunidade de se aproximar do líder Corinthians, derrotado pelo Cruzeiro. A diferença é de nove pontos – 28 a 19.

Atrás somente de Palmeiras e Corinthians como a equipe que mais conquista pontos dentro de casa, o Figueirense precisa vencer mais uma no Orlando Scarpelli para melhorar sua condição na tabela. Na última rodada, empatou por 0 a 0 com o América-MG, seguindo sem vencer na competição desde a sétima rodada, quando bateu o Santos por 2 a 1.

O árbitro do jogo será Alício Pena Júnior, de Minas Gerais, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Fabricio Vilarinho da Silva. O canal Premiere, pelo sistema pay-per-view, exibe o jogo ao vivo, para todo o Brasil. O

                                                                                                                                                              Fonte: Globo esporte

                                                       Antena Brasil – O blog que tem conteúdo 

Neymar e Pato acordam, Brasil bate Equador e se classifica em primeiro

O Brasil passou por sustos. A classificação aconteceu com doses de emoção. Mas finalmente Neymar e Alexandre Pato acordaram na Copa América. Com dois gols de cada um dos atacantes, a Seleção Brasileira fez o seu papel ao vencer o Equador por 4 a 2 nesta quarta-feira, no estádio Mario Kempes, em Córdoba, e garantiu o primeiro lugar no Grupo B do torneio. Caicedo, em duas falhas do goleiro Julio César, marcou para os rivais, que estão eliminados.

Mesmo com a bronca do capitão Lúcio e as mexidas do técnico Mano Menezes, que sacou Daniel Alves e Jadson para as entradas de

Brasil e Venezuela empataram no número de pontos e no saldo (dois), mas a equipe de Mano levou a melhor no número de gols marcados (4 a 3). Com o segundo lugar, a Vinotinto vai enfrentar o Chile nas quartas, às 19h15m (de Brasília) também no domingo. As outras duas partidas serão no sábado: Colômbia x Peru (16h, de Brasília) e Argentina x Uruguai (19h15m, de Brasília).

Pato Neymar gol Brasil x Equador (Foto: AP)Pato e Neymar brilharam e garantiram o primeiro lugar para o Brasil no Grupo B (Foto: AP)

Brasil mostra evolução com alterações, mas não balança a rede

As mudanças de Mano Menezes se mostraram corretas pelo menos nos primeiros minutos da etapa inicial diante do Equador. Sem o topete à la Pelé, Robinho parecia mais leve para tentar ajudar Neymar e Alexandre Pato no ataque. Maicon, substituto de Daniel Alves, cumpria muito bem a função pelo lado direito, principalmente no apoio e ajudando o Rei das Pedaladas pelo setor.

Outro ponto que chamou a atenção nos primeiros 15 minutos de jogo foi a troca de posição dos atacantes. Pato, Neymar e Robinho se alternavam pelos setores do ataque. O primeiro lance de perigo da Seleção surgiu pela direita. Lucas Leiva lançou para Maicon, que passou pelo adversário com o drible da vaca e cruzou. A defesa afastou o perigo.

A Seleção mostrava um futebol bem melhor do que nos dois primeiros jogos da Copa América. Apesar disso, a primeira chance clara de gol foi do Equador. Arroyo arriscou de fora da área e Julio César defendeu no meio do gol.

O Brasil mostrava uma saída de bola mais rápida para o ataque e a troca de posições aparecia com mais naturalidade. Ganso lançou para Pato na esquerda. O atacante cruzou para Neymar, mas a zaga apareceu antes para cortar o lançamento. A partir do meio do primeiro tempo, a Seleção parou. Os atacantes passaram ase mexer menos, guardando posição.

Pato abre o marcador, mas Julio César falha e Equador empata

Mano Menezes no jogo do Brasil contra o Equador (Foto: EFE)

Mas nada impediu a ótima jogada de André Santos. Aos 28, o lateral-esquerdo percebeu a entrada de Alexandre Pato e cruzou na cabeça do atacante, que invadiu na área na corrida e desviou para abrir o marcador. Na comemoração, vibração do lado de fora do campo e abraço empolgado de Neymar.

Paulo Henrique Ganso aparecia pouco no jogo. Ramires também errava muitos passes, dando oportunidades para o Equador puxar os contra-ataques. Aos 36, quase o segundo do Brasil. Maicon recebeu pelo lado direito e rolou para Robinho na entrada da área. O Rei das Pedaladas chutou de primeira e a bola bateu na trave.

No lance seguinte, Caicedo recebeu na entrada da área, aproveitou bobeada de Thiago Silva e soltou a bomba. Julio César caiu para defender, mas a bola passou por baixo do corpo do goleiro: 1 a 1.Frango no estádio Mário Kempes.

O gol mexeu com a Seleção. O time de Mano passou a errar as saídas de bola e se sentiu acuado com a marcação do Equador. Quase veio a virada no fim do primeiro tempo. Após contra-ataque, Arroyo recebeu pelo lado direito, cortou o marcador e chutou de canhota. Julio César saltou para salvar o Brasil. E o primeiro tempo terminava em um bom momento para a Seleção, que estava perdida em campo.

Pato comemora gol do Brasil (Foto: EFE)

A bronca de Mano no vestiário surtiu efeito. Logo aos quatro minutos, Ganso lançou para Neymar. A bola bateu em um defensor e sobrou novamente para o atacante, que chutou para colocar no Brasil novamente em vantagem.

O gol não intimidou o Equador. Mesmo em desvantagem, a equipe seguiu tentando chegar ao gol do Brasil. Em mais uma bobeada da marcação, Caicedo foi lançado na entrada da área, se posicionou e soltou a bomba. Julio César pulou atrasado e não conseguiu evitar o empate.
Diferentemente do primeiro tempo, a Seleção não deixou nem os rivais crescerem na partida.

Dois minutos após levar o empate, aos 15, Ganso roubou uma bola no meio-campo e tocou para Neymar. O jogador avançou pela direita e bateu cruzado. O goleiro Elizaga espalmou para a marca do pênalti, e Alexandre Pato chegou escorando entre os zagueiros para fazer o terceiro.

A Seleção seguiu melhor, principalmente pelo lado direito, com os apoios de Maicon, um dos melhores em campo. Aos 26, o lateral avançou até a linha de fundo e cruzou. Neymar apareceu em velocidade, se antecipou aos defensores e tocou para o fundo da rede: 4 a 2. Na comemoração, o garoto beijou as tatuagens com os nomes da mãe e da irmã nos pulsos.

A partir do quarto gol, Mano passou a mexer na equipe e a tirar suas principais peças. Praticamente ao mesmo tempo, o treinador sacou Ganso e Neymar e apostou nas entradas de Elias e Lucas. Em seguida, o comandou poupou Pato e colocou Fred, talismã do empate por 2 a 2 com o Paraguai, no último sábado. Após o apito final, festa e classificação suada para próxima fase do torneio continental.

Fonte: Globo Esporte
Antena Brasil – O blog que tem Conteúdo

Em meio a mistério, Cielo não aparece, e seleção embarca para o Mundial

Embarque seleção natação (Foto: João Gabriel Rodrigues / GLOBOESPORTE.COM)

Oficialmente, ninguém ali confirmava. Mas o certo é que, no fim, o mais esperado não apareceu. Mesmo com passagem marcada para a madrugada desta segunda-feira para Macau, Cesar Cielo evitou o encontro com jornalistas e não se apresentou com o restante da delegação para o período de aclimatação para o Mundial de Xangai. Flagrado no exame antidoping ao lado de outros três nadadores, o campeão olímpico e mundial teria viajado em voo diferente dos outros nadadores da seleção.

Na noite de domingo, a maior parte da seleção se apresentou no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, para o embarque para Macau – Thiago Pereira foi direto dos EUA, onde treina. Responsável pela delegação, Dr. Marcos Bernhoeft chegou a mostrar a jornalistas as passagens de Cielo e de seu técnico, Alberto Silva, o Albertinho. Dois nadadores, no entanto, confirmaram o embarque antecipado do principal nome da natação brasileira. Além dele e de Albertinho, o superintendente técnico da CBDA, Ricardo Moura, também teria ido antes para Macau.

– Eu não sei dizer. Ele poderia estar lá dentro (na sala de embarque), mas sei que ele não está porque eu estou aqui desde o começo. Eu acho que ele poderia ter ido em outro voo ou ainda vai. Não sei – disse Bernhoeft.

O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) confirmou na sexta-feira ter recebido da Federação Internacional de Natação (Fina) um pedido de suspensão de Cesar Cielo, Nicholas Santos, Henrique Barbosa e Vinícius Waked, flagrados em antidoping por uso de furosemida. O TAS destacou também o pedido de urgência para que o caso seja julgado antes do Mundial de Xangai, de 24 a 31 de julho. Se forem suspensos, os resultados dos atletas desde o Troféu Maria Lenk, em maio, serão anulados.

A Fina sugere a substituição da advertência estipulada pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) por uma suspensão. O período de inelegibilidade ficaria a cargo do TAS. O tribunal informou ainda a necessidade de que todas as partes envolvidas entrassem em acordo para que o caso seja julgado em caráter de urgência. Os nadadores e a CBDA informaram que concordam.

A audiência deve ser realizada em Macau, onde Cielo e a delegação farão aclimatação para o Mundial de Xangai. Nicholas e Henrique foram cortados da equipe porque tinham obtido índices no Maria Lenk. Vinícius não chegou a se classificar.

Os outros nadadores demostraram constrangimento ao falar do assunto. A maioria, no entanto, admitiu que as polêmicas atrapalham a preparação para o Mundial.

– Isso foi uma coisa que preocupou bastante. Todos sentiram muito o que aconteceu. Mas agora é passar por cima disso. Temos de parar de pensar no caso. Isso é passado. Até porque não foi um erro deles, foi um erro do laboratório. Estamos confiantes de que vai dar tudo certo para eles – disse Henrique Rodrigues, que treina ao lado de Cielo e dos outros nadadores flagrados no exame no projeto P.R.O. 16.

Daynara de Paula, que ficou seis meses suspensa da natação após ter sido flagrada pelo uso da mesma substância de Cielo – furosemida- preferiu não comentar a polêmica. Única nadadora com índice para provas individuais no Mundial, ela afirmou, no entanto, que, após ter passado por isso, não esperava mais por casos como o de Fabíola Molina, também pega no doping antes da competição.

– Eu fiquei triste. Pensei que as pessoas ficassem mais atentas – disse.

Um dos principais nomes da delegação, Felipe França se disse confiante antes do embarque. Para o nadador, Cielo não será suspenso pelo TAS e competirá em Xangai.

– É ruim (a situação). Mas tenho certeza de que ele vai competir – afirmou.

Fonte: Globo Esporte
Antena Brasil – O Blog que tem conteúdo

Bahia x Botafogo na Globo | Problemas técnicos (10/07/2011)

Prévia: Copa do Mundo de Futebol Feminino (Líder) – (10/07)

:band: 10.0, pico de 15.
:globo: 9.5
:sbt: 5.4
:record: 5.0

24% de participação

@RickSouza_

Antena Brasil – O blog que tem conteúdo.

Cielo pode ficar de fora dos Jogos Olímpicos de Londres e até do Rio

Wolfgang Rattay/Reuters

Competição mais importante do ano para a natação, o Campeonato Mundial de Desportos Aquáticos começa no dia 24 deste mês. O Mundial de Xangai, na China, é o segundo evento de maior prestígio para a modalidade, atrás somente dos Jogos Olímpicos. Além disso, será nas piscinas chinesas que os atletas terão a primeira oportunidade para atingir os índices classificatórios para competir em Londres, em 2012.

Após a notícia de doping por uso de furosemida envolvendo Cesar Cielo, Nicholas Santos, Henrique Barbosa e Vinícius Waked explodir há uma semana, uma dúvida ficou no ar: a Seleção Brasileira poderá contar com seu maior herói, o campeão olímpico dos 50m livre, campeão mundial dos 50m e dos 100m livre e recordista mundial das duas provas?

A decisão está nas mãos da Corte Arbitral do Esporte (CAS). Ontem, a Federação Internacional de Natação (Fina) retirou do ar uma notícia estampada na página principal de seu site sobre o forte time do Brasil que estava programado para competir no Mundial de Xangai. O texto exaltava as boas chances do país e dava um destaque especial para Cesar Cielo.

Há uma semana, os fãs do esporte questionam alguns fatos referentes ao escândalo de doping e o que ele pode representar na carreira de Cesar Cielo. O Correio, então, esclarece o que pode acontecer com o paulista e os outros três nadadores a partir de agora.

Palavra de especialista

Fernando Francisco da Silva Júnior, presidente da Comissão de Direito Desportivo
“A aplicação de qualquer penalidade por infração disciplinar não é uma regra matemática. Algumas questões, que vão muito além dos limites mínimos e máximos da previsão da pena, são levadas em consideração. A gravidade do caso, a extensão, os motivos determinantes, os antecedentes, as circunstâncias em que foram utilizadas e os agravantes, por exemplo, são analisados. O julgamento tem que ser, antes de tudo, muito racional. Como se trata de um campeão olímpico, muitas pessoas podem querer a “malhação de Judas” no caso de Cielo. Se tiver ocorrido infração, que ele seja penalizado, mas dentro dos critérios.”

As dúvidas

1. Que punição Cesar Cielo, Nicholas Santos, Henrique Barbosa e Vinícius Waked podem receber?
De acordo com a Wada (sigla em inglês para Agência Mundial Antidoping), um caso de doping é passível de punição que vai desde uma advertência (com perda de medalhas e índices conquistados no torneio em que o atleta foi testado positivo) a uma suspensão de até dois anos. Cielo e os outros três foram apenas advertidos pelo painel da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) pelo uso do diurético furosemida. A Fina, entretanto, não acatou a decisão brasileira e levou o caso à Corte Arbitral do Esporte (CAS), que pode decidir tanto pela homologação da decisão da CBDA como por outras penas. O norte-americano Michael Phelps, flagrado em 2010 pelo uso de maconha, por exemplo, cumpriu suspensão de três meses. A brasileira Fabíola Molina, que ingeriu um suplemento que continha metilexanamina (estimulante), recebeu dois
meses de punição em maio.


2. Quando a Corte Arbitral do Esporte irá se pronunciar sobre o caso?

O tempo médio de julgamento de um processo ordinário pela CAS, que fica em Lausanne, na Suíça, varia de seis meses e um ano. Em casos taxados com urgência, esse tempo pode ser menor. A Federação Internacional de Natação solicitou caráter emergencial ao caso de Cielo e espera ter uma posição do CAS antes do Mundial de Xangai, visto a repercussão mundial do escândalo. Após analisar e julgar um processo, a CAS ainda tem até 60 dias para divulgar a decisão.


3. Cesar Cielo corre o risco de ficar de fora do Jogos Olímpicos de Londres, em 2012?

Se receber a pena máxima por doping, que é de dois anos, ele estará automaticamente impedido de participar das Olimpíadas, que começam em 27 de julho. Segundo a CBDA, a última seletiva confirmada para a competição será em março do ano que vem, no Campeonato Sul-Americano Absoluto. Caso receba uma punição superior a seis meses, o artigo 45 da Carta Olímpica do Comitê Olímpico Internacional (COI) diz que o atleta fica impedido de participar da próxima edição das olimpíadas. Essa regra, entretanto, vem causando polêmica. Alguns atletas que receberam mais de seis meses de punição recorreram à CAS contestando a legitimidade da decisão do COI, já que o direito não aceita que uma pessoa seja punida duas vezes pela mesma causa. A Corte Arbitral marcou para 17 de agosto o julgamento sobre se a lei é válida ou não, mas terá até 17 de outubro
para emitir a decisão.

 

4. Cielo pode ser impedido de participar também das Olimpíadas do Rio, em 2016?
Caso a CAS decida puní-lo com mais de seis meses de suspensão e, no fim das Olimpíadas de Londres, o nadador ainda não tenha cumprido a pena total, Cielo estará de fora também dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, de acordo com o que determina atualmente o artigo 45 da Carta Olímpica. Pelas regras, se uma suspensão invadir o ciclo olímpico seguinte, o atleta estaria impedido de competir na próxima olimpíada. Caso a regra seja revogada pela CAS, o brasileiro, mesmo que receba a pena máxima (dois anos), estará apto a se credenciar para os Jogos na capital carioca em 2016.

Fonte: superesporte
Esporte? no ABTV tem!

Sem técnico, São Paulo recebe o Cruzeiro

Com a demissão de Carpegiani, Rivaldo deve ganhar uma chance como titular do São Paulo / Foto: João Neto/VIPCOMM

Ainda sem definir um substituto para Paulo César Carpegiani, o São Paulo enfrenta o Cruzeiro neste sábado, às 18h30, no Morumbi, pela nona rodada do Brasileirão. Sem treinador, o auxiliar Milton Cruz comandará o Tricolor, que acumula três derrotas consecutivas. Do lado mineiro, a situação é bem diferente. Desde a chegada de Joel Santana, o time só venceu: já são três triunfos seguidos.

Apesar de passarem por fases opostas, o São Paulo segue à frente da Raposa na classificação. Com cinco vitórias nas cinco primeiras rodadas, o time acumulou gordura e ainda é o terceiro colocado, com 15 pontos – três a mais que os mineiros. Para apagar o incêndio no Morumbi, a diretoria tricolor deve anunciar o novo comandante durante a semana. Dorival Júnior e Cuca são os mais cotados.

 Com a saída de Carpegiani, o meia Rivaldo deve ganhar uma chance entre os titulares do São Paulo. Outra novidade da equipe será o volante Casemiro, liberado pela seleção sub-20. Por conta da determinação da CBF de o jogador ser liberado para duas de três rodadas, ele havia ficado de fora na derrota por 1 a 0 para o Flamengo, na última quarta-feira.  Além dele, o atacante Willian José ficará à disposição de Milton Cruz. Apresentado na sexta-feira, o meia Cícero ainda não deve estrear, já que estava sem jogar há 50 dias.

O Cruzeiro tentará aproveitar o momento de turbulência do São Paulo para vencer no Morumbi e se aproximar dos líderes. Para confirmar a reação na competição, no entanto, Joel Santana não poderá repetir o mesmo time das duas últimas partidas, contra Coritiba e Grêmio. Isso porque o lateral-esquerdo Diego Renan foi vetado pelo departamento médico do clube.

 Sem Diego Renan, com um estiramento na coxa direita, o treinador deverá dar uma oportunidade a Everton, volante de origem. Essa será a única novidade da equipe. O volante Henrique, o zagueiro Léo e o lateral e armador Gilberto estão entregues ao departamento médico.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Jean, Xandão (Luiz Eduardo), Rhodolfo e Juan; Wellington, Rodrigo Souto, Casemiro e Marlos (Rivaldo); Fernandinho e Dagoberto. Técnico: Milton Cruz (interino)

 CRUZEIRO: Fábio; Vitor, Gil, Naldo e Everton; Leandro Guerreiro, Fabrício, Marquinhos Paraná e Montillo; Wallyson e Thiago Ribeiro. Técnico: Joel Santana

 Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 9/7, às 18h30
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés e Ediney Guerreiro Mascarenhas (ambos do RJ)

A última dancinha: na despedida do Verdão, Adriano mira grana da China

 Adriano Michael Jackson palmeiras (Foto: Diego Ribeiro/Globoesporte.com)

As dancinhas de Adriano Michael Jackson duraram pouco mais de seis meses no Palmeiras. A partir de agora, ele vai desfilar com sua irreverência bem longe, em gramados chineses. Negociado pelo Fluminense por R$ 4,5 milhões com o Dalian Shide, o atacante se despede nesta sexta-feira dos companheiros que animou durante o período. Apesar de não ter brilhado tanto dentro de campo (apenas seis gols em 24 jogos), Adriano era um dos mais queridos no elenco, por sua irreverência e sorriso fácil. Animador oficial do Verdão, ele admite que vai sentir falta do cotidiano na Academia de Futebol.

– Com certeza vou sentir muita falta, mas agora sou um palmeirense. Estarei aí na torcida pelos meus companheiros – afirmou o atacante.

Sua última viagem com a delegação palmeirense foi para Sete Lagoas, no empate por 1 a 1 com o América-MG. Na saída dos vestiários, o atacante não economizava nos sorrisos, talvez sem saber a dimensão do que irá encontrar na China, país com cultura completamente diferente da brasileira. Adriano aprova a experiência, mas, com sinceridade, admite os reais motivos de sua transferência: sustentar os filhos Adriano Júnior e Clara Aylana, que têm suas iniciais estampadas em uma vistosa corrente que o jogador carrega em seu pescoço.

– Vou ganhar muita experiência, valorizar meu futebol, mas é claro que vou ganhar dinheiro. Se não fosse para ganhar dinheiro, eu não ia. Tenho meus filhos para criar – assumiu o atacante.

Mas o dinheiro não chegará facilmente aos bolsos de Adriano. Ele vai precisar se adaptar à cultura, aos costumes… E ao mandarim, língua oficial do país asiático.

– Não sei falar a língua deles não, mas qualquer hora eu aprendo. Vou comprar um livrinho para ver se entendo umas palavras. O futebol é universal – filosofou.

O atacante pretende usar a dancinha como porta de entrada no futebol chinês. Com contrato de quatro anos, ele terá muito tempo para ensinar seus passos aos novos companheiros.

– Na hora do gol todo mundo vai dançar. Pego amizade muito rapidamente com as pessoas, vou brincar muito, pode ter certeza. Mas já vou com vontade de voltar – afirmou Adriano.

Já no caminho do ônibus para deixar a Arena do Jacaré, o atacante disse que sairia dali ao som de sua música preferida, que revelou em entrevista recente ao GLOBOESPORTE.COM. “Saudade”, do grupo Raça Negra, era o que tocaria em seu aparelho sonoro. Talvez para ter uma ideia do sentimento que ele terá ao jogar em um lugar tão distante do Brasil.

Fonte: Globo Esporte
Antena Brasil – O Blog que tem Conteúdo

Record já conta com os trabalhos de alguns técnicos em Guadalajara

Como todos sabem, a Rede Record vai fazer a cobertura exclusiva do Pan-Americano 2011. A competição chegará à 16ª edição em Guadalajara, no México. Trinta modalidades esportivas irão agitar a cidade que ficou marcada na história brasileira ao abrigar a seleção tricampeã do mundo em 1970.

Em função da transmissão dos Jogos Pan-Americanos, a Record já conta com os trabalhos de alguns técnicos em Guadalajara.

Tudo vai sendo preparado para a chegada da produção e das equipes de esporte e jornalismo. O Pan vai se realizar entre os dias 14 a 30 de outubro.

Nota escrita por Aloizio Júnior, com informações do colunista Flávio Ricco

Antena Brasil – O blog que tem conteúdo.

Kleber volta a desfalcar Palmeiras na partida contra o América-MG e aumenta rumores sobre saída

Montagem Kleber e Marcos 450

O atacante Kleber vai voltar a desfalcar o Palmeiras na partida contra o América-MG, nesta quinta-feira (7), em Sete Lagoas. O jogador já havia ficado de fora da vitória do Verdão contra o Atlético-GO, na semana passada, o que gerou rumores sobre uma possível transferência para o Flamengo.

Como o Gladiador já realizou seis partidas pelo Verdão neste Brasileirão, ele não poderá ir para outro clube da Série A se fizer a sétima. O técnico do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari, negou que a ausência de Kleber esteja ligada às negociações com o clube carioca, e afirmou que o jogador passa por problemas físicos.

– Não tem nada a ver com isso [negociação com o Flamengo], foi uma coincidência. Ele não tem condições físicas e por isso não vai viajar com o time. A diretoria não nos passou nenhuma ordem nesse sentido [evitar o sétimo jogo].

O goleiro Marcos também vai desfalcar o Palmeiras contra o América-MG. Ele ficará em São Paulo realizando trabalhos físicos e se preparando para o clássico de domingo (10) contra o Santos, no Pacaembu.

De acordo com Felipão, o goleiro vai ser poupado da maratona de jogos que o clube fará em julho. Com isso, Deola vai retornar ao gol palmeirense.

– Nós já haviamos combinado com o departamento médico que o Marcos não faria várias partidas seguidas, pois ele não aguentaria uma sequência de jogos. Então, achamos melhor poupá-lo no meio da semana e ele vai jogar contra o Santos.

Outra alteração na equipe do Palmeiras, em relação ao time que enfrentou o Atlético-GO, é a entrada de Rivaldo no lugar de Gabriel. O jogador, que está com a seleção sub-20 na Colombia, foi liberado pela CBF para atuar em algumas partidas e retornar ao treinos no dia seguinte. Mas Felipão preferiu utilizar o jogador no clássico contra o Santos e na partida contra o Flamengo, na próxima semana.

R7

 

Antena Brasil – O blog que tem conteúdo.

Estréia da seleção na Copa América registra 30 pontos de média para a Globo

Foi ao ar neste domingo (3), a estréia do Brasil contra a Venezuela na Copa América, que foi transmitido em HD pela Rede Globo.

O jogo foi narrado por Galvão Bueno junto com Casagrande e Arnaldo Cézar Coelho, que analisa a arbitragem.

A partida garantiu 30.5 pontos com pico de 37.4. No mesmo horário a Record foi vice com 9.2 e o SBT em terceiro com 8.2 pontos.

Antena Brasil – O blog que tem conteúdo.

Copa do Mundo e Olimpíada atraem interesse do Reino Unido pelo Brasil

O vice-primeiro-ministro do Reino Unido, Nick Clegg, está no Brasil para reuniões com o vice-presidente Michel Temer, o ministro das Relações Exteriores, Antonio de Aguiar Patriota, e empresários. O objetivo é intensificar as parcerias nas áreas de comércio e energia, além de defesa e cooperação para a organização da Copa do Mundo, em 2014, e das Olimpíada, em 2016. Clegg visitará o Rio de Janeiro e São Paulo.

Segundo o Itamaraty, Clegg deve assinar acordos de cooperação em assuntos de defesa e da criação do Diálogo de Alto Nível na Área de Energia, do fórum de empresários do Comitê Econômico e de Comércio Conjunto e do Instituto Brasil no King’s College de Londres.

De acordo com informações do Itamaraty, o vice-primeiro-ministro também vai assinar memorandos de entendimento sobre o fortalecimento do intercâmbio e a cooperação cultural, além da Parceria para o Desenvolvimento Global, que determina esforços envolvendo o Brasil e o Reino Unido para a redução da pobreza mundial.

Em 2012, o Reino Unido vai ser sede da Olimpíada, enquanto o Brasil sediará a edição de 2016 e a Copa do Mundo de Futebol de 2014. Segundo autoridades dos dois países, há interesse recíproco no desenvolvimento da cooperação bilateral em temas relacionados à organização desses eventos esportivos – envolvendo infraestrutura, segurança e logística.

No ano passado, o intercâmbio comercial entre os dois países atingiu US$ 7,7 bilhões com superávit brasileiro de US$ 1,4 bilhão. Pelos dados do Banco Central do Brasil, com investimentos de US$ 974 milhões no Brasil, o Reino Unido ocupou a posição de 11º investidor no país.

Portal Copa
Antena Brasil – O Blog que tem Conteúdo

Apenas estádios ficam prontos até 2014, diz especialista

 

Na corrida para entregar a tempo as obras de infraestrutura para a Copa de 2014, o Brasil pode acabar deixando o trabalho pela metade.

Para o engenheiro José Roberto Bernasconi, presidente do Sinaenco-SP (Sindicato da Arquitetura e da Engenharia) e coordenador para assuntos da Copa do sindicato, teremos estádios para abrigar a competição. Mas, quando se trata de aeroportos e mobilidade urbana, o atraso para o começo das obras pode levar o país a ter que adotar soluções paliativas, como decretar feriados e reservar terminais para os convidados da Fifa.

“Acho que, no limite, se as cidades não se prepararem, teremos que tomar medidas que chamo de heterodoxas”, afirmou o engenheiro, que participou nesta quinta-feira (30) do “Road Show 2014 – Vitrine ou Vidraça”, evento promovido pelo Portal 2014 e o Sinaenco, em Porto Alegre, para discutir a infraestrutura da cidade para o Mundial. A seguir, uma entrevista com o engenheiro.

Sua avaliação é que o Brasil perdeu muito tempo, desde que foi anunciado como sede da Copa de 2014. Ainda há muito a ser feito?
Penso que sim. A primeira exigência é ter estádios adequados, e acho que o Brasil vai conseguir fazê-los. Mas não sei se serão as 12 cidades. Em breve, a Fifa deve anunciar se haverá cortes ou não. Com relação a estádios, vamos resolver. Particularmente, o Rio Grande do Sul está bem, porque vai ter dois estádios prontos até a Copa.

E os aeroportos, ficarão prontos a tempo?
Os aeroportos são uma tragédia hoje, e para nós, não para a Copa do Mundo. É bom lembrar que a Copa é jogada entre junho e julho e, no Hemisfério Sul, esta é uma época de intempéries, os aeroportos fecham por problemas meteorológicos. Imagine uma seleção tendo que se deslocar de Curitiba para Porto Alegre, e o aeroporto fechado? Temos que resolver isso e acho que perdemos muito tempo. Porém, temos que saudar a presidente Dilma porque ela decidiu, antes tarde do que nunca, chamar a iniciativa privada para trabalhar junto. Concessões e parcerias público-privadas têm que ser usadas, pois vão ajudar a ampliar a capacidade do nosso parque aeroportuário. Mas temo que para a Copa do Mundo já não dê tempo.

Também as cidades enfrentam problemas para tocar as obras de mobilidade urbana.
Creio que é um problema somente para algumas cidades. Porto Alegre e São Paulo têm programas bons sendo feitos na área de transportes públicos. Agora, outras cidades estão um pouco mais atrasadas. Acho que, no limite, se as cidades não se prepararem, teremos que tomar medidas que chamo de “heterodoxas”, que seria decretar férias escolares no período da Copa e, eventualmente, decretar feriados em dias de jogos.

Para acelerar as obras da Copa, o governo tenta aprovar o Regime Diferenciado de Contratações por meio de medida provisória. Qual o efeito dessa mudança?
Essa medida provisória busca comprar tempo, mas um tempo inexistente. Já perdemos 44 meses e não vai dar para acelerar esse processo exageradamente. E tem mais: se estabeleceu uma polêmica que, do meu ponto de vista, não é fundamental, a respeito do sigilo dos orçamentos. Se tiver que haver conluio, não será o sigilo que definirá isso.
O problema é a falta de projeto de engenharia que instrua a contratação das obras. É ele que define o que é a obra, indicando a qualidade e a quantidade dos materiais e serviços, que são o que determina os orçamentos. Do projeto também decorre o processo construtivo e, portanto, o prazo para construir.

O texto da MP lista quais obras podem ser incluídas no RDC?
Essa MP prevê que pode ser colocado no rol da Copa obras situadas a até 350 km das cidades-sede. Um aeroporto a 200 km de São Paulo pode ser incluído. O problema é exatamente esse: essa MP está mudando a Lei de Licitações. As obras mais importantes do Brasil estarão abrangidas nesse raio.

Com os atrasos, corremos o risco de não entregar a infraestrutura que prometemos à Fifa e à população?
A grande promessa que fizemos à Fifa foram os estádios de futebol. Acho que vamos entregá-los. Quanto aos aeroportos, se o Brasil der uma solução de algum tipo, eventualmente fazendo bloqueio de aeroportos para convidados especiais, num certo momento a Fifa tem que se conformar. Agora, a África do Sul foi duramente criticada durante a Copa das Confederações, mas fez os aeroportos de Johanesburgo e Cidade do Cabo, que são melhores que quaisquer terminais do Brasil. Acho que o Brasil vai entregar os estádios, e os aeroportos do jeito que der.

Fonte: Portal da Copa
Antena Brasil – O Blog que tem Conteúdo

Precipitado, Wanderlei Silva leva nocaute com 27s em retorno ao UFC

 . Foto: AP

Chris Leben (dir) comemora vitória-relâmpago, com Wanderlei Silva ainda no chão / Foto: AP

O tão esperado retorno de Wanderlei Silva ao UFC (Ultimate Fighting Championship) após 16 meses afastado por uma série de lesões acabou sendo um pesadelo para o brasileiro. Precipitado no octógono, o curitibano de 34 anos – completa 35 neste domingo – foi nocauteado pelo americano Chris Leben com apenas 27 segundos do primeiro round neste sábado, no UFC 132, somando sua quarta derrota em seis lutas no principal evento de MMA (Artes Marciais Mistas, em inglês) do planeta.

A atmosfera de euforia a favor de Wanderlei no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas (EUA), deixou o “Cachorro Louco” muito empolgado antes do quarto embate do card principal da noite, válido pela categoria peso médio. Com dois lutadores famosos pelo estilo agressivo e pelo alto poder de nocaute, já era esperado que o confronto não chegasse aos três rounds completos; o que se viu, porém, foi um brasileiro afobado demais.

Wanderlei partiu para cima de Leben assim que o início do primeiro assalto foi sinalizado, e o americano não fugiu da trocação franca de golpes. Apostando no boxe, o curitibano adotou a tática de ataque ininterrupto e chegou a acertar um bom soco no rosto do rival, mas errou os golpes seguintes e permitiu que o americano o agarrasse no clinch; desta posição, recebeu um upper forte no queixo e “desmontou” no chão, sem condições de prosseguir.

O clima de incredulidade tomou conta da torcida em Las Vegas, enquanto Leben corria extasiado pelo octógono para comemorar a vitória. O americano vinha de derrota para Brian Stann em janeiro e também precisava de um resultado positivo para revitalizar a carreira. Já Wanderlei deu continuidade à fase sem brilho, distante dos momentos de glória vividos na década passada, quando virou estrela mundial do MMA lutando no Pride, evento realizado no Japão e posteriormente comprado pelo UFC.

Siver vence luta polêmica e rival deixa octógono revoltado

Na terceira luta do card principal, o alemão Dennis Siver conseguiu uma polêmica vitória por pontos sobre o americano Matt Wiman, pela divisão dos leves. Apesar de apanhar muito no segundo round e sair com um gigantesco corte na testa, que o deixou com o rosto coberto de sangue, o europeu ganhou os outros dois assaltos na opinião dos juízes, que deram a ele o triunfo por decisão unânime, com um triplo 29-28.

Após o anúncio do vencedor, Wiman fez cara de incrédulo, atirou o boné no chão e saiu do octógono sem cumprimentar o oponente. O combate, porém, foi bem equilibrado e difícil de julgar. Wiman levou a melhor no wrestling no segundo round e massacrou Siver no chão com os cotovelos, mas o alemão reagiu no terceiro assalto, defendendo bem as quedas e tentando ser agressivo com seus característicos chutes altos.

Com a vitória, Siver, 32 anos, chega ao quarto triunfo consecutivo na divisão dos leves, cujo campeão é o americano Frankie Edgar. Já Wiman, que também vinha de três vitórias seguidas na categoria, teve a sequência quebrada e vê muito distante uma eventual disputa pelo título.

Terra

 

Antena Brasil – O blog que tem conteúdo.